IMPACTO DA COLIGAÇÃO EM ELEIÇÕES PROPORCIONAIS: O CASO DA CÂMARA DE VEREADORES DE PELOTAS (1988-2008)

Alvaro Augusto de Borba Barreto

Resumo


O trabalho promove um estudo de caso, centrado no impacto da coligação sobre a distribuição de cadeiras nas eleições para a Câmara de Vereadores de Pelotas (RS), de 1988 a 2008, em um total de seis disputas. Compara como ficaria a distribuição de vagas se não houvesse coligação, quais partidos seriam beneficiados e quais seriam prejudicados, bem como procura identificar as motivações para que esse recurso seja adotado, seguindo o modelo analítico da escolha racional.


Palavras-chave


Coligações. Câmara de Vereadores de Pelotas. Eleições (1988-2008).

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.