Pela Melhoria da Qualidade na Alfabetização

Leonor Scliar-Cabral

Resumo


Resultados recentes (setembro de 2015) da Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA) demonstram a ineficácia das políticas públicas que visam à erradicação do analfabetismo funcional no Brasil. Também divulgados em 2015, os dados da maior pesquisa mundial sobre o desempenho dos estudantes na resolução de problemas, levada a cabo em 76 países e patrocinada pela OECD, colocam o Brasil num sofrível 60º lugar. Sem dúvida, a causa principal de tal descalabro está no despreparo do mediador para enfrentar de forma sistemática e bem fundamentada a tarefa de alfabetizar de modo a formar um leitor que possa compreender criticamente os textos que circulam na sociedade, e um redator capaz de produzir os textos necessários à sua atuação profissional e de cidadania: sobretudo, um leitor e redator autônomo, aparelhado para uma educação continuada pela vida afora.

Palavras-chave


Alfabetização no Brasil. O Preparo do Mediador. Ciências da Linguagem.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.