DOIS MODELOS DE PARLAMENTO JOVEM: UMA LEITURA DE SEU FUNCIONAMENTO COMO LETRAMENTO POLÍTICO

Rildo Cosson

Resumo


Promovidas por casas legislativas e outras instituições em todo o mundo, as simulações de atividades parlamentares são, por sua natureza, um instrumento privilegiado de educação para a democracia e de engajamento do público escolar nas questões políticas de sua sociedade. No Brasil, com o nome de Parlamento Jovem, a Escola do Legislativo de Minas Gerais e a Assembléia Legislativa de São Paulo realizam duas formas diferenciadas e aparentemente opostas de simulação parlamentar. A análise dessas simulações em uma perspectiva comparada mostra que, a despeito das diferenças, há um objetivo comum a ser compartilhado: o letramento político. É para preservar esse objetivo que se propõe uma leitura do horizonte teórico e metodológico dessas duas simulações.


Palavras-chave


Parlamento Jovem. Educação para Democracia. Letramento Político

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.