Revista Estudos Legislativos

A Revista Estudos Legislativos é uma publicação da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, destinada a divulgar produções de relevância na área legislativa, tendo como eixo central a investigação, a teoria e a reflexão.

ISSN IMPRESSO: 1980-2951

ISSN ELETRÔNICO: 2237-8553

Submisssões de artigos:

 

Confira a seção "Sobre a Revista" para ler as "Políticas Editoriais" e as "Diretrizes para Autores". É necessário cadastro no Sistema antes de submeter o artigo. Após, basta acessar e iniciar o processo de 5 passos de submissão.

Notícias

 

Iniciada a chamada de artigos para a 10ª edição da Revista Estudos Legislativos

 
Está aberto o período de chamada de artigos para o volume 10 da Revista Estudos Legislativos, que, neste ano, terá como temática “gestão pública”. Os interessados em publicar seus trabalhos na edição de 2016 devem enviá-los para a página eletrônica da publicação (http://submissoes.al.rs.gov.br/index.php/estudos_legislativos), disponível no portal www.al.rs.gov.br/escola até o dia 31 de julho.”

EDITAL N.º 002/2016
REVISTA ESTUDOS LEGISLATIVOS

A MESA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL torna públicas, por este Edital, a política editorial e as normas para publicação de trabalhos definidas pela Comissão Editorial da Revista Estudos Legislativos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, ISSN 1980-2951, conforme instituído pela Resolução n.º 2.942, de 08 de julho de 2005.

1. Da política editorial:
A Revista Estudos Legislativos é uma publicação impressa e eletrônica destinada a divulgar, no formato de artigos científicos, produções de relevância para a área legislativa.

2. Das normas para publicação:
2.1 Do prazo: os artigos para avaliação do Conselho Editorial devem ser submetidos até as 23h59min do dia 31 de julho de 2016.
2.2 Do formato dos artigos:
2.2.1 Neste número, serão publicados somente artigos sobre a temática “gestão pública”.
2.2.2 Os artigos devem ser originais e inéditos no Brasil. Consideram-se inéditos também os trabalhos submetidos a processos de comunicação informal, como congressos, seminários e outros eventos. Neste caso, a referência ao evento deve constar em nota de rodapé.
2.2.3 Ao submeterem os trabalhos, os autores cedem os direitos autorais e autorizam a publicação do artigo.
2.2.4 Os autores são os únicos responsáveis pela afirmação de ineditismo do artigo e pela veracidade das informações contidas nos trabalhos, bem como pela devida permissão ao uso de figuras, fotografias ou tabelas utilizadas de outras fontes.
2.2.5 Os trabalhos poderão ser “aceitos sem restrições”, “devolvidos para correções” ou “rejeitados”. Correções de aspectos formais ou outras que não modifiquem as ideias dos autores poderão ser efetuadas pela Comissão Editorial.
2.2.6 Neste número, serão aceitos somente textos em português.
2.2.7 Os trabalhos aceitos pelo Conselho que não forem utilizados neste número poderão ser publicados nas próximas edições, mediante autorização formal do autor.
2.2.8 Os trabalhos devem ser enviados no formato eletrônico para o endereço: http://submissoes.al.rs.gov.br/estudos_legislativos.
2.2.9 A apresentação do texto deverá seguir os seguintes padrões:
- formato A4;
- margens: superior e esquerda, 3cm; inferior e direita, 2cm;
- espaçamento entre linhas: 1,5 para o corpo do artigo e 1 para citações longas, resumo e abstract;
- fonte Times New Roman, tamanho 12;
- todas as páginas numeradas;
- texto dos trabalhos entre 15 e 20 laudas.
2.2.10 O texto do artigo não deve identificar a autoria.
2.2.11 O artigo deve ser precedido por resumo no idioma original e em inglês (abstract), com um mínimo de seis e máximo de 10 linhas (espaço 1). O texto do resumo deve ser informativo, destacando objetivos, metodologia e conclusões mais relevantes. Devem ser destacadas três
palavras-chave (keywords) representativas do conteúdo do documento.
2.2.12 Figuras, fotografias, gráficos, tabelas e outras ilustrações devem conter uma legenda, com título breve e explicativo, e fonte indicando sua autoria.
2.2.13 Anexos e apêndices devem ser evitados e incluídos apenas quando imprescindíveis à compreensão do texto. Caberá à Comissão Editorial julgar a necessidade da sua publicação.
2.2.14 Abreviaturas e siglas devem ser utilizadas de forma padronizada, nunca no título e no resumo, acompanhadas do significado por extenso quando da primeira citação no texto.
2.2.15 Os autores receberão um exemplar da Revista após a publicação.
2.2.16 Originais de trabalhos recebidos não serão devolvidos.
2.3 Dos critérios de seleção dos artigos:
- concordância com a política editorial da Revista;
- originalidade e ineditismo do tema abordado;
- atualidade;
- correção e coerência da linguagem;
- clareza e consistência dos conceitos e da abordagem;
- importância do tema para a ciência;
- metodologia empregada;
- coerência das reflexões/conclusões com a sequência do texto;
- correção e atualidade das citações e autores referenciados;
- adequação às seguintes normas da ABNT: NBR6022/2003; NBR6023/2002; NBR6024/2012; NBR6028/2003; NBR10520/2002.

Palácio Farroupilha, em Porto Alegre, 28 de junho de 2016.

Firmaram este documento:

Deputada Silvana Covatti (PP), Presidente.
Deputado Adilson Troca (PSDB), 1.º Vice-Presidente.
Deputado Álvaro Boessio (PMDB), 2.º Vice-Presidente.
Deputado Zé Nunes (PT), 1.º Secretário.
Deputada Juliana Brizola (PDT), 2.ª Secretária.
Deputada Liziane Bayer (PSB), 4.ª Secretária.

Avaliação Periódicos Qualis (2014)
DIREITO: C
HISTÓRIA: B5
 
Publicado: 2016-02-11
 
Outras notícias...

n. 9 (2015): Revista Estudos Legislativos, n. 9, dez. 2015


Capa da revista
Foto da capa: Lançamento da Cartilha Fique por Dentro da Assembleia Legislativa do RS para alunos do Ensino undamental. Foto: Luiz Antônio Guerreiro - Agência de Fotos/ALRS.